Voltar

A importância do sono na vida da criança

Um estudo realizado pela Universidade de Queensland, na Austrália, acompanhou os hábitos de sono de cerca de 2.900 crianças de 0 a 5 anos .A conclusão foi a de que a maior parte das crianças que tinha uma rotina de descanso desajustada apresentava riscos mais significativos de desenvolver problemas relacionados a déficit de atenção e a dificuldades de aprendizado na escola.

De acordo com Rosana Cardoso Alves, neurologista da Associação Brasileira do Sono, a primeira infância é um período crucial para criar uma rotina saudável. “Isso não quer dizer que é impossível fazer uma reeducação mais tarde. É possível fazer isso até com adultos. Mas a facilidade não é a mesma”, explica a médica. “O sono insuficiente pode, sim, levar à alteração de memória, que compromete, mais tarde, o rendimento na escola”, completa.

Manoel da Nobrega, membro do Departamento Científico de Otorrinolaringologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), diz que a implantação da rotina do sono deve ser iniciada cedo, por volta da segunda semana de vida da criança. “A mãe deve começar a fazer o bebê distinguir o dia da noite”, afirma o médico. E se ele faz parte dos que trocam a noite pelo dia, você tem como ajustar essa bagunça.

Para a especialista, é importante que os pais façam uma higiene do sono, que inclui ajustar a hora de ir para a cama, que deve ser sempre a mesma, diminuir o uso de telas, como tablets, smartphones e televisores, criar rotinas consistentes antes de deitar e construir estratégias para acalmar, como ler ou ouvir uma música relaxante.

Fontes: Rosana Cardoso Alves, neurologista da Associação Brasileira do Sono, e Manoel da Nobrega, membro do Departamento Científico de Otorrinolaringologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)

 

Assine nossa newsletter