Voltar

Crianças podem comer chocolate?

Sim!!

Com pesquisas cada vez mais aprofundadas sobre esse assunto, conseguimos encontrar opções saudáveis para diversos alimentos, inclusive o chocolate. Segundo o Ministério da Saúde, a ingestão de açúcares na infância deve ser feita com cautela, e somente a partir dos 2 anos de idade. O chocolate, não menos importante, está incluso nessa recomendação. Depois que a criança completar 2 anos, o chocolate não é mais proibido, mas nunca deve ser consumido com exagero!

Até o primeiro ano de vida do bebê, a mucosa intestinal ainda é completamente sensível. Não podemos oferecer café, chás, refrigerantes e, principalmente, alimentos processados que contém substâncias que podem causar irritação, além de diminuir a digestão e absorção dos nutrientes.

Quando quiser liberar o chocolate para os pequenos, repare sempre no rótulo do produto e verifique os ingredientes que o compõem. Prefira os que não possuem adição de açúcares em primeiro lugar, ou escolha os produtos adoçados com açúcar mascavo, demerara ou mel. Atualmente, o mercado de produtos naturais está maior e melhor, focando na prática de uma rotina mais saudável, com utilização de matéria prima orgânica, redução de sal, utilização de adoçantes naturais e sem conservantes e aditivos alimentares. O que é ótimo!

Dentre as diversas opções no mercado, temos chocolates com maior teor de cacau, sem adição de açúcares e adoçados com adoçantes naturais ou com açúcar mascavo (o que melhora qualidade do produto em termos nutricionais). Sendo assim, oferecer chocolate ao pequeno ficou menos preocupante.

Vale sempre lembrar que oferecer uma alimentação saudável e equilibrada, ensinando à criança a importância dos alimentos, deve ser um hábito. Assim, oferecer o chocolate moderadamente (como um lanche da manhã ou sobremesa), não será um problema!

Texto por Nathália Prado – Nutricionista do Empório da Papinha CRN 44880

Assine nossa newsletter