Voltar

Dia mundial da alimentação: Importância da alimentação saudável desde a introdução alimentar

Hoje é o Dia Mundial da Alimentação, esta data foi criada com o intuito de desenvolver uma reflexão a respeito do quadro atual da alimentação mundial e também sobre a fome no planeta. E como esse é o tema principal de hoje, queremos explorar um pouco mais sobre a importância da alimentação saudável desde a introdução alimentar.

A primeira infância (nome dado aos primeiros cinco anos de vida) é um momento super importante para estabelecer padrões alimentares saudáveis. Uma dieta equilibrada é fundamental para hábitos alimentares saudáveis, pois além de fornecer os nutrientes necessários para as crianças crescerem fortes e saudáveis, uma influência positiva desde a infância pode impactar lá na frente também. Pois, ao longo dos anos, pesquisadores descobriram evidências de que comportamentos e hábitos alimentares na primeira infância têm um impacto nas preferências e padrões alimentares das crianças na idade adulta.

É importante lembrar que eles não nascem com desejo de batata frita e chocolate e aversão a brócolis e beterraba. Isso acontece com o tempo, à medida que são expostos cada vez mais por escolhas alimentares pouco saudáveis que podem vir através da convivência com os amiguinhos, na escola ou até mesmo dentro de casa com exemplos negativos da própria família. Por isso, antes de exigir uma alimentação saudável do seu filho, faça uma reflexão de como é a sua própria alimentação. Será que você possui os hábitos que gostaria que ele tivesse?

No mundo corrido de hoje, os pais têm cada vez menos tempo para preparar refeições saudáveis ​​e caseiras. No entanto, é super importante evitar refrigerantes açucarados, fast food e refeições com alto teor de gordura, sódio e açúcar na dieta das crianças. Mas saiba que é possível sim reprogramar os hábitos alimentares dos pequenos, para que eles desejam alimentos mais saudáveis, basta um pouco de paciência, dedicação e planejamento.

Crianças menores se acostumam mais facilmente com a alimentação, por isso comece com uma conversa simples, explicando que os alimentos coloridos podem deixá-los mais fortes. Quando for ao mercado ou feira, coloque-os para participar da escolha dos alimentos, e se o seu filho já for um pouquinho maior, convide-o a participar da preparação também. Fazer apresentações mais criativas podem estimular a curiosidade e o interesse, e claro, exemplo é fundamental. Mudar para uma dieta saudável não é tarefa fácil, mas seus benefícios compensam, e muito!

Esta mudança pode ter um efeito profundo na saúde das crianças, pois ajuda a manter um peso saudável, evita certos problemas de saúde, estabiliza o humor, além de aguçar a mente. Quanto mais cedo você introduzir escolhas saudáveis e nutritivas na dieta de seus filhos, mais fácil eles poderão desenvolver um relacionamento saudável com os alimentos, que provavelmente irá durar a vida inteira.

Texto por Nathália Prado – Nutricionista do Empório da Papinha CRN 44880

Assine nossa newsletter