Voltar

É brincando que a criança também se desenvolve, aprende muita coisa e guarda as melhores memórias em família.

O Dia das Crianças está se aproximando e ultimamente muitas famílias, para compensar as restrições devido à pandemia, tem feito concessões aos pequenos. As vezes dando presentes “fora de hora” ou até mais brinquedos do que o necessário. Porém muitas vezes, o que eles precisam é apenas passar um tempo junto! O simples brincar. Sem telas, sem brinquedos, sem distrações. Um momento de verdadeira entrega entre pais e filhos.

No comecinho da quarentena, o site São Paulo Para Crianças fez um material bem completo com várias dicas de brincadeiras para fazer em casa com os pequenos e agora vamos relembrar algumas delas.

 

Acampamento na sala: não tem barraca? vale montar uma barraca com lençol, levar a cadeira de praia para dentro da sala e preparar lanches iguais em um acampamento, um belo livro com histórias pode completar a brincadeira. Pedaços de papelão fora da barraca podem virar um caminho, um circuito com obstáculos, onde só vale pisar no papelão! Dá até para aproveitar a barraca improvisada, para fazer um teatro de sombras, as crianças podem inventar a história.

Circuito de atividades: os móveis da casa podem virar obstáculos, o desafio pode ser completo com uma missão, por exemplo: precisa chegar até a parede, passar por debaixo da mesa, contornar as cadeiras, mas sem deixar o balão cair.

Piquenique: a brincadeira já começa na preparação dos lanchinhos, que podem ser bem saudáveis, suco, lavar as frutas, preparar a cesta.

Brincadeiras de faz de conta: vale brincar de loja, restaurante, médico, veterinário, etc.

Dobraduras com papel: no Youtube tem vários vídeos que ensinam a fazer origamis, técnica japonesa que cria formas com papel sem cortes nem cola, mas se quiser simplificar, faça aviões de papel e crie um alvo para acertar, ou etão uma corrida de barquinhos de papel.

Detetive: crie uma lista com objetos que os pequenos precisam encontrar pela casa ou quintal, vale formiguinhas, formas na natureza, cores.

Caça ao tesouro: esconda um “tesouro”, crie um mapa e espalhe pistas pela casa, depois a brincadeira pode inverter com as crianças escondendo o tesouro e desenhando o mapa para os adultos encontrarem.

Arqueólogo: seu filho gosta de dinossauros? Um jeito divertido de conhecer a profissão é enterrar dinossauros, com pazinha, colher, garfo ou pincel peça para seu filho encontrar o “fóssil”, em um caderninho ele deve fazer o relatório com desenhos sobre o que encontrou.

Pintar: giz de cera, tinta, canetinha, lápis, já experimentou fazer carimbos com batatas? A brincadeira começa na confecção do carimbo. Pintar o chão com giz de quadro também costuma fazer sucesso com as crianças.

Mini horta: depois de plantar, oriente as crianças a cuidar das plantinhas todos os dias, regando ou colocando ao sol.

Arrumar os brinquedos juntos: uma atividade que pode virar uma brincadeira, aproveite para separar os brinquedos que vão para doação.

Nova decoração do quarto: adesivos e materiais reciclados podem virar uma nova decoração, deixe as crianças livres para criarem.

Balões: não vale deixar o balão cair no chão!

Armadilha de crepom: com o papel crepom cortado em tiras, forme uma espécie de teia à medida que vai colando as tiras nas paredes do corredor. Coloque em alturas e posições diferentes para criar o efeito de obstáculo e desafie a criança a atravessar de um lado para o outro no corredor, sem tocar nas tiras.

Ver fotos antigas: mostre fotos de quando você era criança, conte sobre momentos engraçados.

Brincar ao ar livre: amarelinhapular corda, elástico, andar de bicicleta são brincadeiras simples que fizeram parte da infância de muitos pais e mães, aproveite o momento para resgatar essas atividades com os filhos.

Novos escritores e ilustradores: peça para seu filho escrever um livro para você.

Escolinha: brinque que você é o professor e as crianças os alunos.

Descubra o erro: troque alguns objetos de algum ambiente da casa e pergunto o que está errado, exemplo: colocar uma panela no quarto.

Stop: para os grandinhos, essa brincadeira clássica diverte a família toda.

Pega-pega e esconde-esconde: para agitar a rotina em casa, divertido para todas as idades.

Jogos de tabuleiros: tem muitas opções e os maiores adoram.

Mímica e estátua: garantem várias risadas para a família toda.

Brincadeiras de roda: as antigas cantigas de roda, ainda fazem sucesso com as crianças.

Ajudar nas tarefas da casa: tarefas simples, de acordo com a idade da criança, como ajudar a colocar a mesa, enxugar a louça, varrer, limpar a mesa.

Desenhar com sombras: estique um papel, coloque brinquedos a frente, contorne a sombra projetada no papel

Pedalar sem sair do lugar: coloque as rodinhas de apoio da bicicleta dentro de um tênis, isso é o suficiente para que a roda traseira não encoste no chão, e pronto! Pode pedalar a vontade, sem sair do lugar.

Lanterna com rolo de papel: pegue rolo de papel higiênico, ou qualquer outra embalagem opaca em formato de tubo. Faça desenhos em um pedaço de plástico transparente (vale sacola, celofane, acetato), cole o desenho em uma das pontas do tubo e na outra ponta, ilumine com uma lanterna. Projete na parede a sombra.

 

Fonte: www.saopauloparacriancas.com.br

Assine nossa newsletter